5 livros para ler nessa quarentena

By Thaw - março 22, 2020

Best-wallpaper
Se você é uma pessoa consciente, e se tem escolha, claro, você está de quarentena pelos próximos incontáveis dias. A verdade é que você está provavelmente subindo pelas paredes de tão estressante que é ter que ficar em casa 24h/dia. 

O único jeito de evitar o tédio é construir uma rotina para si recheada de coisas que ocupem o corpo e a cabeça. É como dizem por aí: cabeça vazia é oficina do diabo. Brincadeiras a parte, ficar nesse ócio constante, sendo bombardeado o tempo todo por informações desencontradas sobre o corona vírus, além das famosas fake news, é de deixar qualquer um maluquinho. 

Pensando nisso, reuni aqui livros que eu acredito que podem mudar a sua vida, ou, pelo menos, render uma ótima leitura. 

Série os Bridgertons

Se você gosta de romance de época, ou está querendo se aventurar no gênero, os Bridgertons, da autora Julia Quinn, é uma ótima porta de entrada. Quando eu peguei para ler, devorei todos os livros em poucos dias. A série é composta por 9 livros, e com exceção do último, você consegue ler um livro sem obrigatoriamente ter que ler o outro. As histórias são, sim, interligadas, mas dá para acompanhar somente pelas informações no livro que está lendo no momento.

Livro 1 - O duque e eu

O diário de Anne Frank

O diário de Anne Frank foi um livro que eu descobri em uma dessas listas de "livros que vão mudar a sua vida". Sinceramente, quando eu terminei essa leitura, fiquei pensando sobre a vida e sobre as coisas que realmente são importantes e as que achamos que são importantes. Esse livro é, indiretamente, um livro de guerra. Ele não vai te mostrar pessoas sendo explodidas ou torturadas, mas vai te mostrar a história de uma menina judia que está escondida com sua família na época do nazismo. É um diário real, e no fim da leitura, você se sente amiga da Anne e fica com vontade de viajar no tempo e dar um abraço naquela jovenzinha que teve sua vida interrompida pelos horrores da guerra. 

A sutil arte de ligar o fod•-se

Seguindo um pouco o sentimento de "o que é realmente importante?" levantado pelo livro anterior, vamos para A sutil arte de ligar o fod•-se, de Mark Manson. De forma bem descontraída - e desbocada! - Mark traz suas próprias ideias sobre como descobrir o que é importante para você e de como não devemos gastar muito do nosso tempo e energia nas coisas que não nos são importantes. Eu aprendi muitas coisas com esse livro. Voltei a relê-lo e tenho muita vontade de comprar o livro 2: F•deu geral

A garota do lago

Se você é mais da vibe de mistério, A garota do lago, de Charlie Donlea, é o livro certo para você. A história começa com um assassinato, e ele é todo envolvido em mistério - além do fato de que existe um esforço em abafar o caso e investigar tudo em segredo. Entretanto, tudo muda quando uma jornalista entra na jogada, disposta a descobrir toda a verdade por detrás daquele assassinato brutal. 

O serpentário

Nem só de literatura internacional vive o homem. O serpentário, de Felipe Castilho, é um livro de fantasia muitíssimo bem escrito, que traz várias referências mitológicas que, confesso, me faltou até referência para apreciar a todas elas. Esse livro conta a história de 4 amigos que têm seu passado marcado por um mistério que mudou (e de certa forma destruiu) esses amigos. Ou pelo menos, era o que pensavam, até se encontrarem, vários anos depois, com um quarto amigo, o que teria sofrido as consequências mais graves da imprudência do acontecido naquele dia fatídico.

Essas são as minhas indicações. Devido ao corona vírus, vários sites estão com muitas promoções de livros. Outros tantos estão disponibilizando cursos gratuitos, e-books gratuitos, acesso gratuito temporário a conteúdos que antes eram pagos... enfim, a internet está recheada de coisas para ocupar o seu tempo nesse momento de isolamento social.

Por fim, compartilhe esse post com aquele seu amigo que também é leitor, e também está cansado dessa quarentena e procurando algo divertido para fazer. Bye!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários