Vamos conversar?

By Thaw - abril 26, 2021

Oi, para você que está me lendo. Como estão as coisas por aí? Como vai a sua saúde mental?

Não está fácil ser brasileiro, né?

Faz um tempinho que não escrevo por aqui. Passei por uma semana bem difícil, com muitíssima dor nas costas por causa de tensão e com direito a tratamento com injeções - e eu odeio injeções. Junta o estresse da dor, o estresse das injeções, o estresse de ter que tomar um monte de remédios, que é outra coisa que detesto fazer... enfim, uma ótima semana.

No dia de hoje, assisti o vídeo "A habilidade essencial que você pode aprender com a Nova Zelândia", do canal Fê-liz com a vida! e me senti inspirada a vir aqui conversar com você. Já vou deixar o vídeo aqui, para quem quiser ver também:


Esse vídeo fala de vários pontos importantes, toca no tema da pandemia que se tornou o nosso cotidiano e fala também um pouco sobre nós, brasileiros, nossa cultura e como está sendo difícil passarmos pelo que estamos passando. Fala também de recompensas imediatas e possíveis recompensas, e como o nosso cérebro não gosta de possíveis recompensas em detrimento de recompensas imediatas. Eu sei, eu sei, nada novo sob o sol. Mas a realidade é que lemos sobre o assunto, estudamos sobre ele, mas na hora de aplicar isso, nosso psicológico nos prega as mais variadas peças possíveis. É fácil até, virar para si mesmo e dizer "Vamos ser resilientes, sim? Isso tudo vai passar, é uma fase. Parece que a pandemia nunca vai acabar? Parece, mas vai sim, boba. Olha essas 700 coisas legais que estão acontecendo na sua vida. Vamos parar de ver número de mortos? Vamos parar de ver notícias sobre o governo? Vamos sair das redes sociais, exercer algum hobby? Que tal ler um livro, escrever, gravar um vídeo". E é assim, por aí vai. A gente conta pra nós mesmos todas as coisas que o nosso lado racional entende; tira de letra. Contudo, o lado emocional está pouco se fod**ndo para a razão. 

Estamos sofrendo.

Algumas pessoas lidam melhor com adversidades do que outras, mas no geral, esse clima de incerteza e instabilidade é extremamente estressante e desgastante. 

Gostaria muito que esse texto que estou escrevendo viesse recheado de dicas para melhorar o astral, para se sentir melhor, para diminuir o estresse, porém não tenho nada assim para dividir aqui. Vou assinar embaixo das palavras da Fê e desejar que você sobreviva. 

Desejo que você possa distrair sua cabeça dos problemas pelo menos um pouco, que consiga respirar fundo e que viva esse dia de hoje. Faça o que acha que tem que fazer; fique bem. Tome chá, ore, dance, chore. Sobreviva.

Apenas sobreviva.




  • Share:

You Might Also Like

0 comentários