O cortiço

By Thaw - junho 10, 2015



Germina Literatura
Título: O Cortiço
Autor: Aluísio Azevedo
Páginas: 233
Editora: Paulus Editora

O livro “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo conta a história de João Romão, um imigrante português, que é dono de um cortiço. Muitas pessoas moram nesse cortiço, e dentre elas se destaca a história de Jerônimo, português que é contratado por João Romão para trabalhar em sua pedreira. João Romão é um homem que usa de várias artimanhas e velhacarias para tirar proveito de tudo que pode. O Cortiço é palco de grandes escândalos e decadência, e explora a baixeza e a desonestidade na vida humana. 

O Cortiço é um clássico da literatura nacional, cobrado em muitos vestibulares e temido por muitos leitores. Ele é um livro altamente visual. Não apenas isso, você lê o livro e sente o cheiro da lama, o cheiro do suor, enxerga a escuridão, a luz... talvez sensorial seja a melhor palavra. É uma obra que materializa completamente os conceitos do Naturalismo através de suas descrições plásticas.

Em se tratando do texto, não gostei de muitos caminhos que a estória tomou. Claro, por ser uma obra que retrata o lado desumano das pessoas e pelo seu contexto histórico, não se poderia esperar outra coisa. Apesar disso, gostaria de ver mais atitudes em algumas pessoas. Reconheço o papel da mulher naquele período da sociedade brasileira, mas ficaria feliz se a Bertoleza, por exemplo, tivesse alguma atitude forte em defesa própria. Mas acredito que histórias tendo a mulher como ser empoderado e protagonista da própria história surgirão no nosso contexto atual, nessa sociedade na qual vivemos e na qual a mulher, finalmente, está tendo mais espaço participativo real.

Aliás, a sujeira do ser humano, suas características mais animalescas são altamente exploradas nesse texto. A verdade é que para realmente apreciar o livro, é preciso fechar os olhos para os preconceitos antigamente tidos como normais. Percebi isso depois de ler e ver que as coisas que me incomodaram foram aquelas que as gerações mais recentes começaram a contestar e desconstruir. 

O Cortiço é um livro muito bem escrito e que faz um recorte histórico do Rio de Janeiro do séc. XIX que traz ao leitor uma imagem clara do abismo social que era e ainda é presente na sociedade brasileira. 

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários