Ter esperança em meio a desesperanças

abril 28, 2019

R7
O Brasil está passando por tempos tenebrosos. Na nossa última eleição, foi eleito para presidente um homem que foi, e ainda é, comparado ao Hitler. Essa não é apenas uma opinião baseada em nada: se você tirar duas horas do seu tempo para assistir o documentário "Arquitetura da Destruição", conseguirá traçar um paralelo entre ações tomadas para tornar o Nazismo possível e ações que estão sendo tomadas no nosso país enquanto digito esse post. O negro, o pobre, os indígenas e principalmente a comunidade LGBTQ+ são os novos judeus. 

Às vezes acesso o perfil do nosso digníssimo presidente ficar por dentro do que está acontecendo, e fico boquiaberta com como ele noticia coisas absurdas de forma que as pessoas que o seguem acham que é uma coisa muito boa. Em abril, por exemplo, ele derrubou emendas constitucionais e descreveu como "Isso significa que centenas de conselhos e comissões inúteis de participação e controle "social" criados pelo PT serão extintos", além de responsabilizar essas ações pelo não-desenvolvimento do Brasil. Se você lê isso, por si só, com certeza ficaria feliz. Ele fala sobre desburocratização, crescimento do país e evolução, mas a realidade é que ao derrubar essas emendas, ele extinguiu comissões importantes como a Conaeti (Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Infantil), Conatrae (Comissão Nacional de Erradicação do Trabalho Escravo), além de outras responsáveis pela garantia dos direitos indígenas, de combate à discriminação da comunidade LGBTQ+, e de gestão da internet. Está previsto que todas essas comissões que foram criadas por emendas, e não por leis, sejam extintas em 28 de junho de 2019. 

O MEC (Ministério da Educação) está uma bagunça. Ricardo Vélez foi substituído, após 100 dias fazendo vários nadas. Aliás, até que fez algumas coisas, mas bem inúteis. Se quiser rir da situação, assista esse video. Abraham Weintraub, atual ministro da educação, não é sequer alguém especializado na área de educação ou de gestão pública, sendo ele da área de administração e finanças - além dele trazer consigo as mesmas ideologias ultraconservadoras características do atual governo. O MEC tem se concentrado em ações secundárias, ignorando as necessidades reais da Educação e uma coisinha chamada PNE (Plano Nacional de Educação) - deixarei as 20 metas no final do post, assim como o link. Esse vídeo também faz uma análise sobre os primeiros 100 dias do governo no diz respeito à Educação.

Estamos no governo da mentira. O presidente que foi eleito na base de fake news, como kit gay, mamadeira de piroca, ou que seu filho iria pertencer ao governo depois dos 5 anos. Sério, não sei o que é pior: o quanto as fake news eram tão fakes, ou o fato de um monte de gente compartilhar aquilo achando que era verdade. Eu recebi mensagem sobre a Ursal! Riam da situação aqui

Vemos nosso digníssimo postar sobre como o desemprego diminuiu, como a violência diminuiu, como o Brasil melhorou, como o governo vai gerar R$ 1.000.000.000.000,00 sabe-se Deus de onde para "potencializar investimentos", mas ao mesmo tempo vemos que a situação do país está cada vez pior e as desigualdades sociais estão sendo cada vez mais ressaltadas. Ele posta foto ao lado de jovem cientista de outro país no Instagram, e ao mesmo tempo corta o investimento em Educação no Brasil em mais de R$5bi.

Mas, Thawana, onde entra a parte da esperança que você falou no título do post? Bom, eu te digo. Eu nunca vi tantas pessoas se envolverem com política - e me incluo nesse grupo. Antes, os governos mandavam e desmandavam sem que as pessoas se manifestassem contra ou a favor. O governo atual, entretanto, enfrenta grande oposição. E essa oposição tem se esforçado para divulgar as mudanças no atual governo e que não são interessantes para a sociedade em geral, além de se posicionar contra as injustiças que têm acontecido. As pessoas estão se unindo, e unidos somos mais fortes.






Fonte do PNE: http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014

You Might Also Like

0 comentários