Faça agora ou se arrependa para sempre

by - 19:38

Cacef - editada

Nós temos medo. Nós temos medo de falhar, medo que riam de nós, medo de que ridicularizem nossas ideias e sonhos, medo que nos julguem e nos apontem dedos. Temos medo de não conseguir. E então, esse sentimento segura nossa mão e nos desvia dos caminhos arriscados, nos mantendo seguros e protegidos na nossa bolha pessoal. Esse sentimento, entretanto, não conta para nós que ao evitarmos os riscos, também estamos evitando o sucesso. Estamos evitando nossos sonhos e a nossa felicidade. O medo é um cobertor quentinho em um dia frio.

A criança sobe, corre, pula, atravessa a rua sem olhar para os lados. Ela não conhece o medo. Ela acredita que pode ser cientista, médica, veterinária, professora, ou qualquer outra coisa, sem se questionar se isso é possível. Impossível, aliás, é uma palavra que as crianças não conhecem. Nós também fomos crianças. E já tivemos sonhos malucos e medo nenhum. Mas a gente cresce.

E então descobrimos que entre nós e o sonho, existe uma escada gigante e que alguém derrubou água com sabão em todos os degraus. Se tentar subir correndo, você vai cair e vai se machucar muito feio. Claro, sempre se pode sentar no degrau em que já está e ficar ali, com o traseiro molhado, mas sem risco de cair. Ou se pode tentar subir, muito devagar, degrau por degrau, sempre pronto para um tombinho ou um tombaço. Que vai doer física e emocionalmente. Que pode te levar de volta para degraus pelos quais você já tinha passado.

Mas, veja bem, se você não subir, você nunca vai saber. A vida não vai te esperar para sempre, na verdade, ela não vai te esperar nenhum pouquinho. Nunca. Ela corre, ela acontece. A vida é um organismo vivo que não está nem aí para você, para seus medos ou sonhos. E a sua vida é composta de tempo, e tempo é um recurso limitado. 

Eu tenho medo. Tenho medo de falhar, medo que riam de mim, medo de que ridicularizem minhas ideias e sonhos, medo que me julguem e me apontem dedos. Mas sabe o que me deixa mais aterrorizada ainda? Abrir os olhos um belo dia e perceber que perdi tempo demais sentindo medo e que agora é tarde demais. Medo de ser fisicamente ou psicologicamente incapaz de continuar e principalmente, tenho medo de morrer sem que tenha pelo menos tentando tornar meus sonhos realidade.

Não tem problema ter medo. Ele é uma parte importante de nós. Mas sua sede de sucesso tem que ser maior do que o medo. É você quem tem que segurar na mão do medo e dizer "Relaxa, cara. Se der ruim, a gente tenta de novo". Você tem que mostrar para o medo que ele mora dentro de você, e não o contrário. E, principalmente, mostrar para ele que você é o dono da sua vida.

You May Also Like

0 comentários