O que aconteceu com o hype de Nanatsu no Taizai?

by - 10:32


Poucos anos atrás, Nanatsu no Taizai era um dos animes/mangás mais comentados na comunidade otaku. Mesmo se você não acompanhasse o anime ou o mangá e nem soubesse sobre o que era a história, você conhecia pelo menos de nome. Você acessava sites como Mangá Host ou Central de Mangás e ele sempre estava no top 10 - tudo bem que se você entrar essa semana no CDM, Nanatsu está no top 10 hahaha, mas a febre já foi muito maior do que é hoje em dia. E a pergunta que sobra é: por quê?

Eu tenho acompanhado o mangá de Nanatsu, e desde que comecei a ler só pude pensar "Por que eu não dei uma chance para esse mangá antes?" É simplesmente o meu exato tipo de história! E foi quando eu me dei conta disso que eu percebi também porque a hype passou e porque tantos leitores se decepcionaram e droparam o mangá. 

Nanatsu no Taizai, ou Seven Deadly Sins, se vende como shounen de aventura e fantasia. Geralmente, o público consumidor de shounen sabe muito bem o que quer: lutas impactantes. A história é importante, mas o ponto forte são sempre as batalhas. O consumidor de shounen quer ver os personagens evoluírem, ficarem mais fortes e demonstrarem em combate seu crescimento pessoal. Eu, por exemplo, tenho lista das minhas top 5 batalhas em Naruto. Porque é mais do que pancadaria. É na batalha que os personagens mostram a sua essência, mostram no que acreditam e o quanto deram duro para chegar até ali. As histórias mais emocionantes, as melhores frases de efeito e lições de vida... tudo é exposto no campo de batalha.

No início, Nanatsu cumpria isso com primasia e equilibrava perfeitamente batalhas e histórias dos personagens, construindo assim, um enredo shounen sólido. E foi exatamente isso que fez com que a popularidade do mangá crescesse cada dia mais.

Entretanto, como é comum acontecer com os mangás mais longos, Nanatsu começou a pecar pelo excesso. A história se tornou maçante em alguns pontos e passou a dar um enfoque exagerado, para os padrões shounen, no romance das personagens. O equilíbrio se perdeu, e quem procurava grandes lutas começou a desanimar da história.

Eu, particularmente, gosto disso. Consumo o gênero shounen, mas sempre sinto falta de romance. Claro que também tenho consciência de que ao ler esse gênero não encontrarei grandes cenas nesse quesito. Então, quando isso começou a ser mais trabalhado em Nanatsu do que costuma ser em outros shounens, fiquei toda feliz e empolgada.

Talvez essa tenha sido uma estratégia do autor para expandir o público de Nanatsu. Na realidade, não sei. Mas o que percebi foi que a parcela que gosta de seus shonens exatamente como são não parece ter gostado muito dos novos rumos da história.

Abaixo, trecho com SPOILERS escrito em branco (se quiser ler, selecione espaço que parece vazio).

No início da história, vemos que a princesa Elizabeth está procurando por Meliodas, o líder dos 7 pecados capitais. O reino está sofrendo um golpe de estado e somente os 7 pecados são fortes o suficiente para reverter a situação. Ela encontra ele facilmente no primeiro capítulo do mangá e eles começam sua busca pelos outros 6 membros dos 7 pecados. Muitos volumes à frente, todos os 7 estão juntos, e descobrimos que há uma maldição que liga o destino de Meliodas e Elizabeth. Então descobrimos que ela - Elizabeth - é a única motivação que realmente move Meliodas. Eu fiquei tipo "Iti malia, coisa linda de mo deuso, melhor história ever", mas sei que a maioria dos leitores não compartilham dessa opinião. Enquando protagonistas como Naruto ou Ichigo lutam para, respectivamente, alcançar o sonho de se tornar o mais forte e reconhecido por todos, e para proteger seus amigos e o mundo, temos um protagonista cuja motivação pessoal é o amor de sua vida. Notem que em outros shounens cedo ou tarde o protagonista engata em um relacionamento, mas a importância e o destaque disso na história são mínimos. E o amor romântico permeia também as histórias de Gowther, Escanor, King, Diana, Ban, entre outros personagens secundários.

Essa é a minha teoria do porquê as pessoas se desencantaram um pouco com Nanatsu. Eu, particularmente, continuo amando - amo até mais do que quando comecei a ler!

Agora é a sua vez: por que você acha que o hype de Nanatsu no Taizai passou?


Fonte da imagem: https://bit.ly/2SoOXB5

You May Also Like

0 comentários