5 dicas para se tornar uma lolita

By Thaw - abril 02, 2020



Muitas meninas - e meninos também - querem se tornar lolita e não sabem por onde começar. De alguma forma, essas pessoas tiveram o primeiro contato com a moda e mesmo sem entender muito bem do que se tratava, se apaixonaram por como isso se parecia. Pois bem, hoje vim dar algumas dicas de como se iniciar na moda lolita.

1. Entenda as regras lolita

Antes de sair por aí torrando seu dinheiro em burando você precisa entender do que se trata ser lolita. Ah, mas eu preciso estudar só pra usar umas roupas diferentes? Sim, você precisa. 

Quando digo que lolita é moda, não falo no sentido de "modinha, algo que de repente, todo mundo quer usar". Estou dizendo no sentindo de que lolita é um estilo, uma forma específica de se vestir. Existe um conjunto de regras a ser seguido e se você não conhecer essas regras e sair colocando qualquer roupa, são grandes as chances de você não estar, propriamente, vestindo lolita

Regras para se vestir não é uma exclusividade da moda lolita. Se você, por exemplo, é cosplayer, você sabe muito bem que você precisa estar vestindo a roupa igual a de um personagem para que aquilo realmente seja um cosplay. Se você vir uma pessoa que é adepta do estilo gótico, você bate o olho nela e reconhece o estilo porque a pessoa está seguindo as regras. Isso vale para qualquer estilo que você vá vestir. 

A minha madrinha lolita, a Ichigo, tem um post super completo no blog dela falando das regras lolitas. Aliás, se você quer se tornar uma lolita, te aconselho ler o blog dela, porque é a minha maior referência no assunto. 

2. Você não é obrigada a seguir o lifestyle 

Quando as pessoas pensam em lolita, elas acham que têm que mudar totalmente seu estilo de vida para realmente ser uma lolita. Existe, sim, o conceito de lifestyle, no qual as lolitas, além de vestirem-se com as roupas do estilo, também adicionam no seu dia a dia hábitos ou hobbies relacionados ao universo lolita. Esses hábitos incluem bordado, tomar chá, costurar, fazer trabalhos manuais, cozinhar, entre outros. 

Mas veja bem: você não precisa fazer essas coisas para ser uma lolita e você não será "mais" lolita se além das roupas, seguir o lifestyle. Como eu disse no item 1, lolita é uma moda. A partir do momento em que você está usando roupas lolitas você é uma lolita. Simples assim. 

3.  Não saia criando de cara

Ok, você leu sobre o assunto, entende como funciona e quer fazer sua primeira peça? Slow down. Antes de sair criando algo da sua cabeça, compre peças prontas de pessoas que já trabalham com isso. Por quê? Bom, porque as chances de você errar são imensas e sei por experiência própria. Olhe isso aqui

Antigamente era mais difícil, mas nos dias atuais tem muito produto lolita nacional. É fácil de encontrar sapatos, vestidos, saias, blusas... uma pesquisadinha em grupos do face e você vai encontrar muita coisa. A própria Ichigo, que citei ali em cima tem a própria loja @morangato. E uma marca nacional conhecida de sapatos lolita é a @useglitterbang

4. Prepare o bolso

Lolita é uma moda cara. Especialmente se você quiser adquirir burando. Aliás, se você nunca ouviu o termo, burando, é uma forma "ajaponeisada" de se dizer brand e se refere às marcas japonesas especializadas em moda lolita. Eos preços são bem salgados. 

Comprar produtos handmade, ou até mesmo produzir as próprias peças pode, sim, baratear o processo, mas mesmo assim, lolita vai continuar sendo caro. As rendas usadas são sempre de boa qualidade, e se você tentar usar tecidos baratos e rendas ruins, vai ficar uma bost@ e não vai ser considerado lolita. Pois é. 

5. Divirta-se!

Assim como qualquer outro hobby que você tenha, lolita é algo para te fazer feliz. Espero que você encontre satisfação e prazer ao vestir suas rendas. Espero que seus olhos brilhem quando colocar na sua cabeça aquele laço gigante. Porque se isso não mexer com você de alguma forma, talvez lolita não seja exatamente o que está procurando.

E é isso, pessoal! Se tiver alguma dica que queira adicionar para as outras aspirantes à lolita, deixe aqui nos comentários!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários